Fortalecimento em superfície instável melhora bradicinesia e outros sintomas do Parkinson, mostra novo estudo

Siga o TUDO SOBRE CONTROLE no facebookno instagram e no twitter

Por Laiali Chaar

 

parkinson

Bomba da Neurociência 🔥🔥🔥💣💣💣 Em homenagem ao Dia do Parkinson ♥️😍 Esse super estudo foi feito por neurocientistas brasileiras da USP 💚💛 E propôs um novo treinamento para pacientes com Parkinson e obteve muitos resultados promissores.

Leia também: Exercício físico de alta intensidade diminui progressão do Parkinson, descobre novo estudo
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
➡️ Ele é importante porque nos oferece outras opções de exercícios para variar a terapia e estimular a Neuroplasticidade, aprendizagem motora e a motivação do paciente 💚⚡️🐍💚
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

Leia também: Exercitar-se 2,5 horas por semana diminui progressão do Parkinson, descobre novo estudo

➡️ Quando você utilizar exercícios de Pilates pode acrescentar esses equipamentos que deixam o exercício instável: disco proprioceptivo, bola Suíça ou blocos de EVA, caso tenha algum aluno com Parkinson ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

➡️ Os exercícios foram realizados por 12 semanas, uma vez por semana:

 💪🏼 Agachamento com as costas apoiadas em uma bola suíça na parede com os pés sobre disco proprioceptivo

 💪🏼 Leg press sentado sobre um disco proprioceptivo e com os pés apoiados em disco proprioceptivo 

💪🏼 Flexão plantar sobre disco proprioceptivo

 💪🏼 Supino e puxada pela frente com blocos de EVA entre os pés e sentado sobre um disco proprioceptivo. ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

Leia também: Uva-passa ajuda a prevenir e tratar Alzheimer, Parkinson, Huntington e Esclerose Lateral Amiotrófica


➡️ Houve mais melhora do equilíbrio e velocidade da marcha, rigidez, instabilidade postural e bradicinesia e risco de quedas do que dos indivíduos que fizeram os mesmos exercícios sem disco proprioceptivo, bola suíça ou bloco de EVA. ⠀⠀

➡️ Além disso, esse treino estimulou a Neuroplasticidade dos neurônios da medula espinal dessas pessoas com Parkinson ♥️💪🏼

 

🔎📚💪🏼 Para ver as fotos dos exercícios baixe os artigos originais em:

Silva-Batista C, Corcos DM, Kanegusuku H, Piemonte MEP, Gobbi LTB, de Lima-Pardini AC, de Mello MT, Forjaz CLM, Ugrinowitsch C. Balance and fear of falling in subjects with Parkinson’s disease is improved after exercises with motor complexity. Gait Posture, v. 61, p. 90-97, 2018.

Silva-Batista C, Corcos DM, Barroso R, David FJ, Kanegusuku H, Forjaz C, DE Mello MT, Roschel H, Tricoli V, Ugrinowitsch C. Instability Resistance Training Improves Neuromuscular Outcome in Parkinson’s Disease. Med Sci Sports Exerc. v. 49(4), p. 652-660, 2017.

Silva-Batista C, Mattos EC, Corcos DM, Wilson JM, Heckman CJ, Kanegusuku H, Piemonte ME, Túlio de Mello M, Forjaz C, Roschel H, Tricoli V, Ugrinowitsch C. Resistance training with instability is more effective than resistance training in improving spinal inhibitory mechanisms in Parkinson’s disease.J Appl Physiol, v. 122(1), p. 1-1, 2016.

As fotos e descrição detalhada dos exercícios estão nesse:
Silva-Batista C, Corcos DM, Roschel H, Kanegusuku H, Gobbi LT, Piemonte ME, Mattos EC, DE Mello MT, Forjaz CL, Tricoli V, Ugrinowitsch C. Resistance Training with Instability for Patients with Parkinson’s Disease. Med Sci Sports Exerc., v. 48(9), p. 1678-87, 2016.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s