Indígenas sentem menos dor porque não reclamam, descobre novo estudo

Siga o TUDO SOBRE CONTROLE NEURAL no facebook, no instagram e no twitter

Por Laiali Chaar

indios

Bomba da Neurociência 🔥🔥🔥💣💣💣😱 Esse é mais um estudo lindo que mostra como como cada paciente é único. E até seus sintomas dependem de suas crenças e do ambiente em que cresceu e vive.  Você pensa nisso quando atende ou se relaciona, neurolover? Isso é empatia. Entender que cada pessoa sente diferente. ⠀

➡️ Meninos das tribos só viram homens se vestirem uma luva de formigas venenosas e aguentarem as ferroadas por 15 minutos🐜 🐜🐜😱😰☠️

➡️ Uma neurocientista brasileira Eliseth Leão e sua aluna de Mestrado Elaine Moraes ficaram em choque como nós e tiveram a ideia de estudar como os índios reagem à dor. Se alguém conhecê-las me apresenta por favor porque virei fã ♥️👩🏻‍🏫👩🏻‍⚕️ ⠀

➡️ Viajaram 23 dias e entrevistaram 45 índios de três tribos isoladas entre Peru e Colômbia e apresentarão os resultados no congresso mundial de dor em Boston ✈️🛶🌳🌳🌳

➡️ Descobriram que 78% dos índios sente dor em músculos, ossos e articulações porque vivem descalços no mato, caçam e carregam grandes pesos 🛶🌳💪🏼

➡️ A surpresa foi que mesmo assim não reclamam das dores nem ficam desesperados ou com medo delas. As mulheres quando perguntadas que dores já sentiram nem citaram a dor do parto porque não a consideram uma dor.

➡️ Assim, eles consideram que suas dores são naturais, não são catástrofe e mais fracas do que as que nós sentimos. E continuam trabalhando nas aldeias normalmente mesmo com elas.  😱😍

➡️ Já postei que a dor é boa porque nos alerta. E que pessoas que não sentem dor morrem mais cedo porque se machucam gravemente. Os índios sabem que a dor é natural da vida e por isso não reclamam. ⠀

➡️ Há fortes evidências na literatura com centenas de estudos sobre dor que já observaram que o fatalismo, ou seja, quem fica mais preocupado com a sua dor, achando que ela é grave sente uma dor mais intensa

➡️ Resumindo: quem reclama mais sente mais dor 😵😰

➡️ Outra descoberta legal foi que medicamentos só melhoram 20% das dores deles e os tratamentos feitos por eles melhoram 60%. Ou seja, não adianta propor ao paciente um tratamento em que ele não acredite ♥️🙌🏼🙏🏻

Fonte: Agência Fapesp ⠀

🔎📚 Para saber mais acesse:

Elton Alisson. Indígenas da Amazônia têm dores frequentes, mas não reclamam. Agência Fapesp. 31 de Julho de 2018.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s