Neurônios fluorescentes

Luis de la Torre Ubieta Geschwind Laboratory UCLA

Crédito da imagem: Luis de la Torre-Ubieta, Universidade da Califórnia Los Angeles
Este encéfalo de camundongo foi fotografado em um microscópio na vista coronal, ou seja, dividindo a frente da parte de trás do encéfalo. Para criar essa imagem o tecido foi tratado para ficar transparente o que permite que estruturas profundas sejam vistas mais facilmente. Em seguida, o corte recebeu uma luz que identifica neurônios fluorescentes transgênicos, ou seja, que possuem uma proteína verde fluorescente também chamada de GFP. A GFP foi descoberta na década de 60 por Osamu Shimomura na água-viva Aequorea Victoria que era fluorescente. Pela descoberta e pelo desenvolvimento da GFP como importante ferramenta de pesquisa na biologia, Shimomura ganhou o Nobel de Química de 2008. Desde então, a GFP tem sido usada para dar fluorescência à células, neste caso neurônios. Ela é acrescentada ao genoma dos animais, assim seus neurônios produzem GFP e ficam fluorescentes. Esses animais são então transgênicos, ou seja, foi acrescentado ao genoma um gene da água-viva que gerará uma proteína que normalmente não produzem. Na foto acima, a GFP não está verde porque as cores foram transformadas de acordo com a profundindade dos neurônios. Neurônios mais superficiais são vermelhos e conforme são mais profundos são laranjas, amarelos, roxos, azuis e verdes. Essa foto ficou entre as 20 melhores imagens em ciência do ano e recentemente foi capa da revista Neuron, uma das revistas de Neurosciência mais lidas do mundo.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s