Você sabia? Existem pessoas que não sentem nenhum medo

Siga o TUDO SOBRE CONTROLE NEURAL no facebookno instagram e no twitter

Por Laiali Chaar

Assista ao vídeo abaixo e veja as fotos do que o maior escalador do mundo é capaz de fazer.

 

 

 

 

a

Alex realizando a ressonância. A Neurocientista Jane E Joseph especialista em ressonância magnética e seu auxiliar James Purl colocando Alex Honnold, maior escalador do mundo, no equipamento de ressonância magnética. Fonte: Network International, LC e NGC Network US, LLC.

b

Ressonância magnética de Alex Honnold (esquerda) e de outro homem escalador de mesma idade (direita). As áreas em vermelho são áreas em que os neurônios estão ativos ao ver cenas que causam medo. A área em vermelho no centro do cérebro é a amígdala. Note que as áreas cerebrais de Alex estão azuis, ou seja, sem ativação de neurônios. Portanto, ele não sente nada quando vê cenas que causam medo. Fonte: Jane Joseph.

c.png

Gráfico comparando os sentimentos da personalidade de cada um deles. Alex Honnold (verde escuro) e o outro escalador (verde claro). Da esquerda para a direita: Extroversão, simpatia, aberto, consciência, neurose, urgência, premeditação, perseverança, desinibição, tédio, buscador de prazer, buscador de emoção, buscador de experiências. Alex tem mais busca de prazer do que o outro homem, talvez isso explique sua busca por emoções extremas e sugere impulsividade ao risco. Fonte: Jane Joseph.

 

O medo já te paralisou? Em uma prova, por exemplo? Ficou com taquicardia, suando, com falta de ar, mão gelada, enjoo em uma situação comum, neurolover? 😱😵😰🤢
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
➡️ É bom sentir medo porque nos protege, mas em excesso nos paralisa. Entender o medo é importante para saber como equilibrar isso 🤔
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
➡️ Nossos pacientes também tem medos: do movimento, a cinesiofobia, comum em lesões neurológicas e ortopédicas, medo de cair, de não se recuperar, de abandono 👵🏼👴🏽💔
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
➡️ Para entender o medo, neurocientistas fizeram ressonância magnética em Alex Honnold, o maior escalador do mundo que não usa cordas nem capacete e não sente nenhum medo. Postei no site vídeos dele 😱😰🙈
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
➡️ Eles descobriram que nele os neurônios da amígdala, região do cérebro que produz o medo, não são ativados 🙇🏻
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
➡️ Como o medo vem dos neurônios, todos nós, incluindo os pacientes, podemos treinar nossos medos como ele para que não nos paralisem 😌🙏🏻🙌🏼
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
➡️ Esse treino pode ser feito se expondo aos poucos à aquilo que sentimos medo
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
➡️ Para o paciente um treino do medo seria andar na escada, na rampa, na rua. Para quem caminha sem dificuldade, fazer trilha na montanha, por exemplo, te ajuda a lidar com seus medos, controlar a ansiedade e focar sua mente em outros pontos da situação. Eu fiz no fim de semana 😊😰
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
➡️ A motivação e confiança em quem está próximo são importantes para controlar o nosso medo. No caso dos pacientes, nós terapeutas e os cuidadores devemos construir esses sentimentos com nossas ações.
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
➡️ Muito obrigada Rafael e Rodolfo da Montanero Expedições por terem me proporcionado uma experiência tão profunda e transformadora durante a trilha que me fez refletir sobre isso
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
🔎📚 Para saber mais veja o stories com a explicação direto do alto dos agulhas negras.

 

Para ler os artigos originais acesse:

Collins HR, Corbly CR, Liu X, Kelly TH, Lynam D, Joseph JE. Too little, too late or too much, too early? Differential hemodynamics of response inhibition in high and low sensation seekers. Brain Res., v. 24; p. 1481:1-12, 2012.

Akirav I, Maroun M.The role of the medial prefrontal cortex-amygdala circuit in stress effects on the extinction of fear. Neural Plast., p. 30873, 2007.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s