Prática intensa de exercício físico está associada à Esclerose Lateral Amiotrófica, mostra novo estudo

Siga o TUDO SOBRE CONTROLE NEURAL no facebookno instagram e no twitter

Por Laiali Chaar

 

32215198_880813128791609_144402937999785984_n

 

Bomba da Neurociência 🔥🔥🔥💣💣💣♥️💀😰
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
⚠️⚠️⚠️✋🏼 Atenção: Isso não significa que é indicado sermos sedentários. É o exercício extenuante que aumenta a chance de Esclerose Lateral Amiotrófica. Exercício físico de baixa à média intensidade continua tendo altas evidências e sendo indicado para prevenir e tratar doenças cardiovasculares, metabólicas e neurológicas e o de alta intensidade para o tratamento de Parkinson ♥️💪🏼

 

Leia também um outro estudo que descobriu que quem trabalha com formol como cabeleireiros e técnicos de anatomia também têm mais chance de desenvolver ELA 💇🏻💇🏾‍♂️👩🏽‍🔬👨🏼‍🔬

Ou seja, equilíbrio é importante até em relação à prática de exercício físico que tem benefícios comprovado ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

➡️ Esse estudo é muito importante porque alerta sobre a realização de atividade física extenuante naqueles que já possuem histórico de ELA na família 😰💪🏼✋🏼

➡️ A Esclerose Lateral Amiotrófica é a mesma doença neurodegenerativa do Stephen Hawking, e é conhecida como ELA. Para quem não conhece a doença assista o filme a teoria de tudo 🎥🎞♥️
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
➡️ Pessoas que praticavam exercício de alta intensidade tem 26% mais chance de desenvolver a doença 😱

➡️ Essa evidência é classe 1 ou seja um nível altíssimo de evidência 🤓♥️📚
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
➡️ Outros estudos menores sugeriram isso, mas esse foi o maior de todos com 4500 pessoas da Holanda, Irlanda e Itália feito por neurocientistas holandeses com questionários. ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

➡️ O nível de atividade física foi calculado através do cálculo de MET 💪🏼✖️
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
➡️ A atividade física extenuante pode acontecer em um esporte, lazer ou no trabalho como aqueles que são do serviço militar 🏋🏽🥊👩🏻‍✈️
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
➡️ A relação entre exercício extenuante era linear, ou seja, quanto mais a pessoa fazia exercício maior a chance de desenvolver ELA 💪🏼
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
➡️ Não houve efeito do gênero, nível educacional, classe econômica, fumo ou álcool no desenvolvimento da doença ⠀⠀⠀

⠀⠀⠀⠀⠀⠀

🔎📚 Esse artigo já foi lido por mais de 2500 pessoas. Leia você também:

Visser AE, Rooney JPK, D’Ovidio F, Westeneng HJ, Vermeulen RCH, Beghi E, Chiò A, Logroscino G, Hardiman O, Veldink JH, van den Berg LH; Euro-MOTOR consortium. Multicentre, cross-cultural, population-based, case-control study of physical activity as riskfactor for amyotrophic lateral sclerosis. J Neurol Neurosurg Psychiatry, 2018 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s