Jogar baralho recupera movimentos após AVC, descobre novo estudo

Siga o TUDO SOBRE CONTROLE NEURAL no facebook, no instagram e no twitter

Por Laiali Chaar

jogos de baralho

Quem gosta do carteado?! Bomba da Neurociência 🔥🔥🔥💣💣💣 Especial no Dia Mundial do AVC, 29 de Outubro ♥️🙌🏼🙇🏻‍♀️🙇🏻

➡️ Neurolover, quando você terminar de ler esse post 30 pessoas terão um AVC no Brasil. 16 milhões de pessoas por ano sofrem AVC no mundo. 1 em cada 6 pessoas terá AVC e é cada vez mais comum em pessoas de 20 à 30 anos 😔💔💔💔

➡️ Você já estimulou seu paciente ou alguém que conhece com AVC a jogar baralho com os amigos? ♥️♦️♣️♠️ Adoro um truco e UNO rsrs

Leia também: Frio aumenta mortes por AVC, mostra novo estudo


➡️ Amamos tecnologia e exercícios super complexos e imaginamos são os melhores para um tratamento. Às vezes movimentos simples do dia-a-dia baratos e de fácil uso têm o mesmo efeito 😍🙏🏻🙌🏼

➡️ Neurocientistas descobriram isso em um estudo recente publicado na Lancet Neurology uma das melhores revistas neurolovers do mundo ♥️👩🏻‍⚕️👨🏽‍⚕️🌎

Leia também: Quem anda 35 minutos por dia tem menor chance de sofrer AVC grave, mostra novo estudo


➡️ 141 pacientes entre 18 a 85 anos de 14 hospitais do Canadá, EUA, Tailândia e Peru
3 meses após AVC com perda de movimento moderada ♥️👨🏾👩🏻👵🏼👴🏽

➡️ Duas semanas jogando baralho melhoram 30% do movimento de membro superior, força muscular, destreza, atividades de vida diária e qualidade de vida ♥️🃏💪🏼

➡️ Eles receberam treino orientado à tarefa, realidade virtual ou jogaram baralho por 2 semanas e tiveram a mesma melhora

 

Leia também: Amamentar pode proteger a mãe de AVC, mostra novo estudo


➡️ Jogar várias vezes uma bolinha ou papel amassado em um cesto várias vezes ou papel amassado tem o mesmo efeito🏀🎾⚾️⚽️🏐

🔎📚 Para ler o artigo original acesse:

Saposnik G, Cohen LG, Mamdani M, Pooyania S, Ploughman M, Cheung D, Shaw J, Hall J, Nord P, Dukelow S, Nilanont Y, De Los Rios F, Olmos L, Levin M, Teasell R, Cohen A, Thorpe K, Laupacis A, Bayley M; Stroke Outcomes Research Canada. Efficacy and safety of non-immersive virtual reality exercising in stroke rehabilitation (EVREST): a randomised, multicentre, single-blind, controlled trial. Lancet Neurol. v. 15, n. (10), p.1019-27, 2016

Anúncios

Ouvir Mozart diminui até 90% das convulsões na paralisia cerebral, descobrem novos estudos

Siga o TUDO SOBRE CONTROLE NEURAL no facebook, no instagram e no twitter

Por Laiali Chaar

musica 2

 

Em homenagem ao Dia Mundial da Paralisia Cerebral – 6 de outubro – Bomba da Neurociência 🔥🔥🔥💣💣💣♥️🎶 ⠀

Leia também: A Neurociência das provas

➡️ Indique para quem cuida do seu paciente com paralisia cerebral colocar Mozart Sonata em D major para ele ouvir ♥️🎶🎧 ⠀

Leia também: As dez músicas que mais diminuem a ansiedade

➡️ Os efeitos da música em pacientes neurológicos é uma das minhas linhas de pesquisa como Neurocientista e palestrante ♥️👩🏻‍⚕️👩🏻‍🏫 ⠀

➡️ E esse estudo mostra um dos efeitos mais impressionantes da música no cérebro 💜🙇🏻‍♀️💙🙇🏻

➡️ Duas a cada mil crianças têm paralisia cerebral. A paralisia cerebral causa crises epiléticas e convulsões frequentes que matam mais neurônios e pioram a condição, dependência e o movimento da pessoa 👼🏼💔 ⠀

Leia também: A música melhora o rendimento de atletas

➡️ Paralisia cerebral é um grupo de lesões encefálicas que acontecem na gravidez ou até 3 e podem causar alterações do movimento e cognitivas. Os sintomas mais frequentes incluem atraso no desenvolvimento, menor coordenação motora, rigidez muscular, fraqueza muscular e movimentos involuntários como tremores 💙♿️ ⠀

➡️ Foram incluídas no estudo pessoas com paralisia cerebral com 1 até 21 anos que tomavam medicamentos antiepilépticos para as convulsões mas que não faziam efeito ♥️👼🏼 ⠀

➡️ Todas tinham perda cognitiva grave e ouviram música 2h por dia de Mozart Sonata em D major durante 15 dias ♥️🎶🎹🎻🎧 ⠀

➡️ Houve pacientes que diminuíram as crises de 50 até 90%. Todos tiveram melhora da qualidade do sono a noite e atividade durante o dia. ⠀


➡️ Outra música colocada para o grupo controle não causou o mesmo efeito. ⠀

🔎📚 Para ler os artigos originais acesse:

Coppola G, Operto FF, Caprio F, Ferraioli G, Pisano S, Viggiano A, Verrotti A. Mozart’s music in children with drug-refractory epileptic encephalopathies: Comparison of two protocols. Epilepsy Behav. v. 78, p. 100-103, 2018.

Coppola G, Toro A, Operto FF, Ferrarioli G, Pisano S, Viggiano A, Verrotti Mozart’s music in children with drug-refractory epileptic encephalopathies. Epilepsy Behav., v. 50, p. 18-22, 2015.

Exercício diminui envelhecimento e estresse de cuidadores de pessoas com Alzheimer, descobre novo estudo

Siga o TUDO SOBRE CONTROLE NEURAL no facebook, no instagram e no twitter

Por Laiali Chaar

 

Alzheimer

Bomba da Neurociência 🔥🔥🔥💣💣💣😱😍Essa pesquisa ganhou o prêmio do ano da revista Psychoneuroendocrinology ⠀

➡️ Neurolover, milhares de pessoas cuidam 24h de um familiar ou amigo com doença neurológica ♥️🌹

Leia também: Carinho diminui progressão da doença de Alzheimer, mostra estudo

➡️ Elas são sobrecarregadas e muitas vezes tem depressão 😔💔 Por isso acho lindo toda vez que leio um artigo que pensou nelas 😍♥️🙌🏼 ⠀

➡️ Você já deu dicas ou montou um programa de exercícios para eles? 💚⚡️🐍🙌🏼 ⠀

➡️ Vamos focar também nos cuidadores de pacientes neurológicos com empatia. Precisamos criar e pesquisar técnicas que os ajudem no corpo e na mente ♥️👩🏻‍🏫👩🏻‍🔬👩🏻‍⚕️👨🏽‍🏫👨🏽‍🔬👨🏼‍🎓 ⠀

➡️ Neurocientistas fisiolovers canadenses da Universidade British Colúmbia fizeram isso e estudaram 68 cuidadores de pessoas com Alzheimer e demência ♥️👵🏼👴🏽 ⠀

➡️ Uma parte deles começou a fazer exercício e outra não alterou seus hábitos ⠀

➡️ Eles fizeram exercício físico aeróbio e musculação 40 minutos, 3 a 5 vezes por semana, orientados por um profissional durante 6 meses ♥️💪🏼🙌🏼 ⠀

➡️ 80% dos cuidadores fez os exercícios por 6 meses 120 minutos ou mais por semana. Ou seja, eles gostaram da proposta e ficaram motivados com ela ♥️😍 ⠀

➡️ O exercício melhorou o condicionamento cardiovascular, diminuiu o índice de massa corporal, gordura abdominal e estresse ♥️📈 ⠀
➡️ O exercício alterou os genes dos cuidadores diminuindo o envelhecimento porque aumentou o telômero 💙📉😱 ⠀

➡️ O telômero protege a ponta dos nossos cromossomos como aquele plástico que protege a ponta do cadarço de desfiar. Sem ele, os cromossomos encurtam e a célula para de se dividir e morre. Telômeros mais longos aumentam o tempo de vida e previnem doenças cardiovasculares e até câncer ♥️🙇🏻🙇🏻‍♀️🙌🏼 ⠀

➡️ Essa é a comprovação que cuidadores precisam ter um tempo para se cuidar também ♥️😍 ⠀

🔎📚 Para ler o artigo original acesse:

Puterman E, Weiss J, Lin J, Schilf S, Slusher AL, Johansen KL, Epel ES. Aerobic exercise lengthens telomeres and reduces stress in family caregivers: A randomized controlled trial. Psychoneuroendocrinology. 2018.