Exposição ao formaldeído aumenta a chance de esclerose lateral amiotrófica

Por Laiali Chaar 

Curta o TUDO SOBRE CONTROLE no facebook, siga no instagram e no twitter

image

      Esse post é pra você que adora uma escova progressiva ou uma aula de Anatomia ou não sai do laboratório de Histologia… Cuidado com o formol, ele pode matar seus neurônios…

      Em 2009, epidemiologistas da Harvard começaram a montar um quebra-cabeça procurando relações entre esclerose lateral amiotrófica e a exposição à diversas substâncias como pesticidas e herbicidas em 1 milhão e meio de pessoas. Apenas uma substância acendeu a luz vermelha: o formaldeído, também conhecido como formol, substância comumente utilizada para embalsamar cadáveres, em funerais, laboratórios de aula de Anatomia e na famosa escova progressiva feita em salões de beleza brasileiros para hidratar o cabelo. Pessoas que trabalham expostas regularmente ao formol tem três vezes mais chance de morrer por esclerose lateral amiotrófica comparadas a pessoas que não foram expostas ou pouco expostas. A esclerose lateral amiotrófica é uma doença neurodegenerativa que provoca perda progressiva da força muscular e da coordenação motora e sua causa ainda é um mistério. Por enquanto, o que podemos afirmar é que trabalhadores muito expostos ao formal devem ter cautela e trabalhar em um ambiente com uma ventilação adequada para minimizar a exposição ao formaldeído.

📷 Crédito da imagem: Eric Huang, Universidade da California, São Francisco. À esquerda motoneurônios na medula espinhal de camundongos saudáveis e à direita diminuição do número de motoneurônios na medula espinhal

Para saber mais:

Roberts AL; Johnson NJ; Cudkowicz ME; Eum KD MG; Weisskopf. MG.  Job-related  formaldehyde exposure and ALS mortality in the USA. J Neurol Neurosurgery Psychiatry. 2015

Anúncios

2 comentários em “Exposição ao formaldeído aumenta a chance de esclerose lateral amiotrófica”

  1. É bom ter esta informação pois ano passado fiz duas vezes,,, agora não farei mas o cabelo caiu muito e ficou bem pouco !!!obrigada aos cientista que publicará esta pesquisa

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s